Make your own free website on Tripod.com

A atriz tem um cuidado especial com a pele.

"Sempre que posso, vou ao dermatologista fazer uma limpeza. Em casa, mantenho a pele limpa e hidratada. Adoro maquiagem, uso direto, mas somente a antialérgica. E como tenho a pele clara e sensível, tomo cuidado com as manchas de sol", revela.

Flávia conta que quando fica nervosa ou ansiosa, a reação que tem é na pele. Logo aparecem irritações no rosto e no corpo. E também fica rouca, quase sem voz. "É uma forma do corpo avisar que alguma coisa não está bem", explica. E dá a dica: "Quando ficar nervosa, descubra como seu corpo responde", ensina e completa:

"Pensando assim, quem sabe você consegue frear os impulsos causados por pura ansiedade."

E ela acredita num cardápio saudável e equilibrado para vigiar seu peso.

"Adoto uma alimentação mais saudável: verduras, legumes, além de evitar doces, gorduras, frituras e, à noite, massas. Refrigerante, só light e não o tempo todo. Sempre acabo beliscando, mas dou preferência a alimentos nutritivos. Quando não tenho tempo para comer, tomo um iogurte." Certíssima: ela serve de exemplo à criançada na hora de comer também!

E por falar em comida, Flávia não perde a oportunidade para lembrar das delícias que deixou aqui.

"Sinto falta de algumas frutas, como carambola, manga e a banana, que é diferente da argentina. E, claro, de um bom feijão!", diz, sonhadora.

Mas lá, como cá, existem pratos favoritos. E ela traz na ponta da língua algumas das tentações portenhas: o doce de leite - tão gostoso como o mineiro - café capuccino e a lágrima - leite com um pouquinho de café. Brincalhona, quando quer um copo bem cheio, Flávia abre aquele sorriso e pede logo um "choro"!

Mesmo feliz com seus 45 quilos - ela mede 1,60m - Flávia faz de tudo para fortalecer a musculatura.

"Exercício é primordial. se você não gosta de ir á academia, encontre prazer fazendo outra atividade, dançando, nadando, caminhando ou correndo".

A atriz arranja tempo para fazer musculação, natação e aeróbica, nem que seja preciso sacrificar algumas horas de sono. Quando falta às aulas na academia, costuma correr à noite, pelo menos meia hora.